Você sabia que é possível mapear o cérebro?

By

Você sabia que é possível mapear o nosso funcionamento cerebral? O EEG Quantitativo ou Exame de Mapeamento Cerebral é uma extensão do EEG convencional, onde é feita uma análise computadorizada dos sinais cerebrais gravados, transformando-os em dados numéricos no formato de gráficos e tabelas.

Com o Mapeamento é possível definir com mais precisão a área do cérebro que não está com um bom funcionamento, seja por um AVC, tumor, epilepsia ou outros problemas. Além disso, o Mapeamento cerebral possibilita o acompanhamento de alguns casos de doenças degenerativas cerebrais.

Como é feito o mapeamento cerebral?

O exame pode ser realizado com o paciente acordado, dormindo ou em coma. Ele dura em média 40 minutos, sendo 20 minutos para a preparação e 20 minutos para o registro da atividade cerebral. Durante o registro, algumas ativações são realizadas, como abrir e fechar os olhos, hiperventilação (respirar mais rápido que o habitual) e fotoestimulação (flashes de luz sobre os olhos).

Outros métodos de ativação podem ser usados, como:

• Privação do sono;
• Estimulação auditiva;
• Suspenção de medicamentos.

Para quais doenças o mapeamento cerebral é indicado?

O exame é indicado para doenças que possam alterar ou comprometer a atividade elétrica cerebral, como:

• Epilepsia e crises epiléticas;
• Avaliação de atrasos de desenvolvimento em crianças;
• Avaliação de transtornos comportamentais;
• Dificuldade escolar;
• Controle de demências;
• Investigação de Cefaleia, amnésia, desmaios e tonturas;

É importante ressaltar que para crianças menores de 5 anos, autistas ou portadores de deficiência mental, existe uma preparação diferente antes de realizar o exame, onde:

• A criança deve dormir no máximo 5 horas na noite anterior ao exame;
• Manter as medicações de uso habitual;
• As crianças devem chegar com fome e muito sono;
• Trazer objetos que facilitem a criança a dormir na hora do exame;
• Um medicamento para induzir o sono poderá ser utilizado de acordo com a avaliação médica.

Leave a Comment

Your email address will not be published.

You may also like