Fobia Social: Conheça os principais sintomas

By

O transtorno de ansiedade social, também conhecido como fobia social, é um transtorno psicológico que causa ansiedade diante de situações sociais normais, como falar ou comer em locais públicos, ir a uma festa, entrar em lugares cheios ou até mesmo realizar uma entrevista de emprego.

Os pacientes que sofrem com esse transtorno se sentem inseguros e extremamente preocupados com o seu desempenho ou com o que poderão pensar e falar sobre eles, sendo assim, evitam situações em que possam ser julgados por outras pessoas.

Existem dois tipos principais de fobia social:

Fobia social generalizada: envolve quase todas as situações sociais, como conversar, namorar, frequentar locais públicos, entre outras.

Fobia social restrita ou de desempenho: envolve situações sociais específicas que dependem do desempenho da pessoa, como falar em público, se apresentar em um palco, entre outras.

Principais causas:

As principais causas da fobia social estão relacionadas com situações que diminuem a confiança do indivíduo, produzindo insegurança e fazendo com que duvide das suas próprias capacidades de desempenhar qualquer atividade em público. São elas:

• Medo da exposição social;
• Crítica;
• Baixa autoestima;
• Experiência traumatizante em público;
• Rejeição;
• Pais superprotetores;
• Poucas oportunidades sociais.

Principais sintomas:

O início da fobia social é gradual, o que dificulta o processo de identificar quando o problema começou. No entanto, na maioria dos casos, ele se dá na infância ou na adolescência. Os principais sintomas da fobia social incluem:

• Falta de ar;
• Tonturas;
• Palpitações;
• Suor excessivo;
• Visão embaçada;
• Gaguejo ou dificuldade em falar;
• Rosto vermelho;
• Tremores;
• Náuseas e vômitos;
• Esquecer o que falar ou fazer.

Tratamento:

O tratamento para fobia social é orientado por um psicólogo, dando início a terapia cognitiva comportamental, onde o paciente aprenderá a controlar os sintomas da ansiedade e a enfrentar situações da vida real, praticando suas habilidades sociais em grupo.

Porém, caso a terapia não seja suficiente, o psicólogo poderá encaminhar o paciente a um psiquiatra, que receitará remédios que ajudarão o paciente a obter melhores resultados.

Leave a Comment

Your email address will not be published.

You may also like