Desmaios: o que é e o que pode causar síncopes?

By

Desmaios nunca são encarados como um sinal positivo, afinal, a perda súbita da consciência pode atrapalhar uma reunião de trabalho, uma apresentação importante ou até mesmo atividades rotineiras. Mas afinal, o que é um desmaio? É isso o que vamos falar agora.

 O que é a síncope e quais são os seus sintomas?

A síncope – ou desmaio, como é popularmente chamado – é uma perda temporária e instantânea da consciência. Geralmente, o desmaio acontece de forma rápida e tem curta duração. O ato de desmaiar por si só não oferece grandes perigos, mas é indispensável que o motivo pelo qual o indivíduo desmaiou seja constatado.

 Dificilmente o indivíduo terá indícios de que um desmaio acontecerá, pois a maioria dos sintomas ocorre durante e depois do desmaio. Entre eles, podem-se ressaltar:

 

  •     Fraqueza muscular generalizada
  •     Palidez
  •     Tontura
  •     Suor frio
  •     Formigamento no corpo
  •     Perda da consciência

 O que pode causar um desmaio?

Há diversos fatores que podem causar desmaios: longos jejuns, insolação, fortes emoções como o medo, estar em locais apertados e com pouco ar, fortes dores de cabeça e má irrigação de fluxo de sangue no cérebro são algumas das principais causas.

Como pode se observar, a maioria dos motivos que podem ocasionar o desmaio são situações externas. Por exemplo, em condições normais a irrigação de fluxo sanguíneo no cérebro deve ser constante, e se há algum problema capaz de causar a má irrigação, este deve ser investigado.

 Síncope vasovagal

Um dos motivos mais comuns entre as causas dos desmaios é a síncope vasovagal, que geralmente ocorre quando a pessoa fica muito tempo em pé, o que faz com que o seu fluxo sanguíneo se acumule nos membros inferiores.

Esse acúmulo de sangue nas pernas dificulta a distribuição de sangue para o próprio coração e principalmente para o cérebro. Com essa dificuldade, o cérebro envia sinais ao coração para tentar equilibrar o fluxo sanguíneo, fazendo com que o coração bata ainda mais rápido, porém com pouco volume de sangue, já que há o acúmulo nos membros inferiores. Para tentar corrigir o problema, o cérebro dilata os vasos sanguíneos, causando uma brusca queda de pressão que ocasiona o desmaio.

 

Sintomas do desmaio (vasovagal)

Os sintomas do desmaio vasovagal não são muito diferentes dos sintomas de desmaios causados por outros motivos. O paciente pode apresentar suor e salivação de modo excessivo, além de palidez, respiração acelerada e visão escurecida.

De forma geral, a recuperação após a síncope vasovagal é rápida e não apresenta outros fatores como confusão mental. É importante que o paciente procure ajuda especializada para investigar mais a fundo os motivos dos desmaios.

O INERP é um centro neurológico pronto para receber todos os pacientes, realizando consultas e exames de forma acessível e humanizada! Entre em contato conosco.

 

Leave a Comment

Your email address will not be published.

You may also like