Como o cérebro produz a felicidade?

By

Ao longo dos séculos, artistas e pensadores se dedicaram a definir e representar a felicidade. Nas últimas décadas, porém, grupos menos românticos se juntaram a essa difícil tarefa: endocrinologistas e neurocientistas. Afinal, você sabe como a neurologia entende a felicidade? Confira em nosso post!

 

O que é a felicidade?

A felicidade é formada por basicamente quatro substâncias químicas e naturais encontradas em nossos corpos, geralmente definidas como o “quarteto da felicidade”: endorfina, serotonina, dopamina e oxitocina.

 

Endorfina

É liberada no organismo diante das situações de dificuldades, como dor e estresse, com a função de atenuá-los. A endorfina funciona como um tipo de analgésico.

 

Serotonina

Esse é o neurotransmissor conhecido por ser responsável por promover sensação de prazer e bem estar. A ausência de serotonina no cérebro pode causar desconfortos e até mesmo a depressão. Por isso, vários antidepressivos auxiliam na captação de serotonina.

 

Dopamina

A dopamina é o neurotransmissor principal na regulação dos processos motivacionais. E é isso que nos faz agir para alcançar nossos objetivos.

 

Ocitocina

É conhecida por ser responsável por promover sensação de confiança, auxiliando a criação de laços nos relacionamentos de modo geral. Atualmente, a neurociência comprovou que quando reunidas em grupo de amizade, as mulheres produzem uma quantidade maior de ocitocina, neurotransmissor que é ainda produzido no parto, na amamentação (relação mãe e bebê).

 

Como ativar os hormônios da felicidade

Embora de certa forma parecidos, esses hormônios podem ser ativados e produzidos em maior escala através de “gatilhos” ou hábitos cotidianos diferentes:

 

Adote hábitos alimentares saudáveis

Você sabia que o que você come também influencia na produção desses quatro hormônios? Quem nunca comeu um chocolate e se sentiu pleno de prazer e felicidade?

 

Interaja socialmente

Quem não gosta de sair com os amigos, bater longos papos, dar muitas risadas, compartilhar bons momentos, paquerar, namorar, distribuir e receber afeto e carinho?

 

Cultive bons sentimentos

Você já deve ter visto por aí a expressão “nós somos aquilo que queremos ser”. Ela é bastante verdadeira e pertinente. Quem cultiva bons sentimentos e está sempre pra cima, de alto astral, leva uma vida mais leve, harmoniosa, repleta de prazer e felicidade.

Leave a Comment

Your email address will not be published.

You may also like