Como identificar se estou tendo AVC?

By

De acordo com o Ministério da Saúde, o Acidente Vascular Cerebral (AVC) é uma das principais causas de mortalidade e sequelas no Brasil, e a identificação precoce dos sintomas é determinante para evitar danos ao cérebro. O AVC ocorre quando a circulação de sangue ao cérebro é interrompida, fazendo com que as células cerebrais se “desliguem”, já que elas não terão oxigênio e nutrientes suficientes para desempenharem suas funções.

Se atente a estes 5 principais sintomas de um AVC:

1. Equilíbrio

A pessoa que está sofrendo um acidente vascular cerebral perde o equilíbrio e coordenação.

2. Visão

É outro sinal muito importante. Se a pessoa fica com dificuldades visuais (vista escura, borrada), ela pode sim estar passando por um acidente vascular cerebral.

3. Face

O derrame se revela também na face: uma parte do rosto fica paralisado, os olhos podem ficar baixos e a boca pode ficar torta.

4. Braços

Em um AVC, os movimentos dos braços serão afetados. A pessoa sentirá fraqueza neles.

5. Fala

A pessoa que está tendo um AVC tem dificuldade para falar, pronunciando as palavras de forma arrastada.

6. Convulsão

No caso de convulsão, a crise pode durar segundos ou minutos. O mais importante é evitar que a pessoa bata a cabeça no chão. Para isso, é preciso usar um apoio, como um pano, ou uma blusa. Quando a convulsão parar, a cabeça deve ser colocada de lado para que ele respire melhor.

O que fazer quando alguém está tendo AVC?

Chamar imediatamente uma ambulância, ligando para o número 192;

Verificar se a vítima está respirando, colocando o rosto junto da cabeça do indivíduo para ver, ouvir e sentir o ar.

Sentir se o coração está batendo, sentindo os batimentos do coração da vítima no pescoço ou pulso e verificar se está: inconsciente e respirando, inconsciente e sem respirar ou consciente.

Enquanto se aguarda por ajuda médica não se deve levantar ou sentar o paciente, além de ir falando com ele, mesmo que este não lhe responda às perguntas.

A importância da rapidez no tratamento

O ideal é que o indivíduo afetado seja atendido o mais rápido possível. A trombólise (medicação para dissolver o coágulo) só pode ser utilizada em no máximo 4 horas e meia após o início dos sintomas. Deve-se descontar deste tempo o período para a avaliação médica e neurológica, exames de imagem, entre outros pré-atendimentos, o que leva em torno de uma hora.

Leave a Comment

Your email address will not be published.

You may also like