Quando fazer audiometria?

By

 Audiometria é um exame que tem como objetivo avaliar a capacidade do paciente para ouvir e interpretar sons. Através do exame detectam-se possíveis alterações auditivas e permite orientar o paciente sobre as medidas preventivas ou tratamentos mais adequados para cada caso.

O grau da perda auditiva pode ser verificado em cada ouvido isoladamente e possivelmente deve-se a perdas provenientes do ouvido externo, ouvido médio ou ouvido interno, bem como do nervo e das vias auditivas sensoriais ou serem perdas mistas.

O paciente é colocado em uma cabine acústica que visa isolá-lo dos sons ambientais, a qual tem uma parede de vidro através da qual o examinador pode vê-lo. Quase todo o exame transcorre em silêncio, salvo as comunicações entre o paciente e o especialista, através de um fone de ouvido, acoplado a um pequeno microfone, através do qual ouvirá certos sons emitidos pelo especialista e deverá responder a eles mediante sinais gestuais previamente combinados (levantar uma das mãos, por exemplo).

Em uma parte do exame o paciente  deverá repetir palavras emitidas. Nos exames de audiometria tonal, por via óssea, um vibrador é colocado sobre osso mastoide do paciente, o qual deverá acusar as percepções das vibrações do mesmo.

A audiometria é um exame fundamental para quem tem algo tipo de perda ou desconforto na audição e inclusive se houver outros casos na família.

A perda auditiva pode ser originada por diversos fatores e gera uma deficiência que dificulta a comunicação das pessoas e limita suas atividades diárias. Quando a perda auditiva ocorre ao nascimento ou nos primeiros anos de vida pode comprometer a aquisição da fala e dificultar o processo de desenvolvimento das habilidades auditivas e de linguagem, acarretando também dificuldades sociais e emocionais.

Em empresas na qual as atividades são exercidas em ambiente extremamente ruidoso, a audiometria é considerada um exame ocupacional, da medicina no trabalho, portanto obrigatória por lei.

É de responsabilidade da empresa promover o acesso a esse tipo de exame e também fornecer equipamentos objetivando a prevenção da saúde auditiva dos funcionários, como por exemplo, protetor auricular.

Dependendo do caso, poderá ser necessário solicitar outros tipos de exame, como a radiografia, fibronasolaringoscopia, tomografia computadorizada do crânio ou aqueles mais específicos da área audiológica.

Leave a Comment

Your email address will not be published.

You may also like